Há aqueles dias

Há dias que falta um pedaço da gente
E acabamos achando em outro lugar;
Em algum canto alheio ao olhar
Onde o calor nem mais se sente

Há dias que algo pulsa aqui
Dentro do nosso peito
Passando pelo caminho estreito
De emoções que não senti;

Há aqueles dias que nos estressam,
Pois neles nossos olhos pesam
E não conseguem se segurar

E deixam cair algum pedaço
Nosso, algum leve traço
Desse dia que não quer acabar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s