Às vezes é preciso aceitar

Pode parecer simples, mas não é. Pode parecer fácil, mas realmente não é. Nem sempre. Nem sempre é tão simples aceitar alguma coisa, seja boa ou ruim, porque a gente não está, na maioria das vezes, pronto pra isso. Pensamos estar, mas no fundo jamais estaremos totalmente preparados para o que não sabemos que pode acontecer. As surpresas sempre nos surpreendem. E isso é verdade, por mais estranha que essa frase possa parecer.

 

 

Um casal nunca está preparado para ter um filho, por exemplo. Eles podem ler sobre o assunto, ouvir conselhos dos seus pais, observar os costumes de outros pais da mesma idade mais ou menos, até mesmo rezar para mais de um orixá. No fundo, nada disso adianta tanto. Não adianta, pois ninguém sabe o que vai acontecer antes que aquilo aconteça. Mesmo o mais seguro choraria fácil ao ver um filho nos braços, todo enrugado, com “cara de joelho” e chorando, sentindo a vida pela primeira vez.

 

 

Esse despreparo é natural, mas ainda continuamos a nos culpar por isso. É comum se sentir envergonhado por não ter conseguido atingir algum objetivo que outra pessoa conseguiu, mesmo que ambos tivessem chances muito parecidas. Situações banais como uma nota ruim em uma prova, não ser escolhido pelo time de futebol na pelada, não ter o corpo de modelo que uma outra amiga tem, até coisas mais sérias, tipo uma promoção no trabalho que não veio, uma pessoa que se foi ou um amor que não foi correspondido fazem parte. Tudo isso faz parte.

 

 

Não estamos preparados para nada. Por esse motivo é tão fácil de cair e tão complicado de se levantar.

 

 

O que falta, talvez, é a certeza disso. De que é preciso aceitar o fato de que nem sempre se é tão durão pra tudo. E que muitas vezes nada do que possamos fazer vai mudar determinada situação. Não se pode viver em um momento, por mais bonito que ele seja (nascimento de um filho), ou por maior que seja a dor que ele cause (a morte de alguém importante). Não se deve parar no tempo, porque o tempo não para pela gente. Por mais que possamos estar dispostos a esperar por algo, esse “algo” nem sempre vai aparecer. Aceitar isso é necessário.

 

 

É preciso aceitar que nem sempre iremos vencer. Que nem sempre chegaremos a tempo. Que nem todas as vezes teremos ao nosso lado alguém em quem confiar. Que nem sempre um projeto no trabalho será aprovado. Que nem sempre nosso cachorro vai vir nos buscar na porta de casa. Que nem sempre se acerta o curso que foi escolhido quando acabou a escola. Nem sempre os mesmos amigos duram tanto depois que acaba a escola. Que uma hora a festa acaba, e ninguém vai nos dar carona pra casa. Que nem todos os dias serão ensolarados. Que nem sempre um amor dura tanto quanto se espera. Que não são em todos os momentos que as pessoas queridas estarão por perto. Que, às vezes, por pior que isso possa soar, estaremos sozinhos, apenas com nós mesmos.

 

 

E, novamente, não há vergonha ou algo de errado em passar por tudo isso. Ruim é insistir quando é melhor parar. É como um livro que estamos lendo, mas odiando mais a cada página. Toma nosso tempo enquanto poderíamos estar acompanhando outra história. É preciso largar a obra, mesmo que pela metade, e buscar alguma outra para mergulhar. Alguns desses livros têm capas ótimas, mas enredos tristes e ruins demais. Esses são, às vezes, os mais difíceis de colocar de volta na prateleira. Mas são feitos, no fim, apenas para isso mesmo. E aceitar esse fato é difícil. Mas, no fim, apesar dos apesares, é sempre melhor.

 

 

Abraços.

Anúncios

Um comentário sobre “Às vezes é preciso aceitar

  1. Gabriel querido … Quando leio os teus texto, é como se estivesse te lendo por dentro. Você é uma pessoa linda … que está aprendendo, de forma muito perspicaz , , ser um aprendiz da vida , sim, porque seremos sempre aprendiz …. . Te amamos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s